28.05.2017

TOP 10 Paris – O que não pode deixar de ver na 1 vez!

Europa, Viagens

Hoje vou falar de uma cidade que me identifiquei de primeira, sabe aquele lugar que no sonho é perfeito e quando você visita tem a impressão que o sonho nem chegava aos pés?
Pois é, nem nos meus mais detalhados sonhos com base em livros e filmes pude conceber o que é esse lugar, sem exagero posso dizer que só quem esteve lá pode me entender, acredite quando digo que o segredo está no ar, no clima, nos pequenos detalhes.
Falo da cidade que sou apaixonada dentre todas as outras, falo de Paris.
Paris não é aquela cidade que se vai uma vez e pronto, todas as vezes sempre haverá algo novo a descobrir. Cada estação te reserva possibilidades sem fim, mas como já disse prefiro a primavera em solos europeus ou o início do outono a empolgação do povo é uma atração à parte.
Seguindo a ideia vamos para o meu TOP10:


1.Arco do Triunfo

Eu sou suspeita para falar de qualquer coisa dessa cidade, mas cara é lugar obrigatório pra iniciar o dia com o pé direito. No início da Champs – Elysees esse é o ponto de partida para aquela caminhada incrível por uma se não a mais bela avenida do mundo, toda arborizada e imponente. Curiosidade: Na sua base situa-se o Tumulo do Soldado desconhecido e preste atenção na riqueza de detalhes, o monumento tem gravado os nomes de 128 batalhas e 588 generais. (Os números tirei do tio “Google”).
Se tiveres por lá em datas comemorativas, é frequente eventos com militares (uma atração a parte)
O ticket custa 12 euros, mas pode rolar uns descontos. Para mais informações:

http://www.paris-arc-de-triomphe.fr/Preparer-sa-visite/Informations-pratiques#price

Abaixo eu tentando enquadra-la ao fundo.

2.Champs Elysees

Em minha modesta opinião devo concordar com os parisienses que essa avenida é a mais linda do mundo, não há pessoa em sã consciência que não queira registrar uma fotinha com o arco ao fundo, melhor lugar para fotos tipo blogueirinha. Fora isso são tantas lojas, restaurantes, boates pra ninguém botar defeito e logo para sanar de vez sua dúvida, sim temos restaurantes chiques e finos, mas também temos todas as redes famosas de fast food, sim temos a Louis Vitton e seu chaveiro de quinhentos euros, mas também temos a H&M e tantas outras lojas de departamento.
É aquele lugar que provavelmente se concentra a maior quantidade de turista em Paris, difícil achar um nativo por lá, mas garanto a você que os quase dois quilômetros de extensão não serão um desperdício de tempo, muito pelo contrário.

3.Place de La Concorde

Para quem vem do Arco é o fim da Champs ou vice-versa, é a maior praça da Capital Francesa e palco de n eventos históricos, sabe palco mesmo? Cheia de detalhes como fontes, obelisco (presente do Vice-rei Egípcio), luminárias e desde 2000 ainda possui uma roda gigante dividindo opiniões, principalmente dos mais conservadores, mas vale muito a pena.

Dica: Tem uma barraquinha no lado direito dos portões que dá acesso aos jardins que vende um cachorro quente digno de nota, pela bagatela de 4 euros você faz aquele lanche pra continuar a jornada!

4.Jardins Tulliers

É um jardim público e imponente, tipo jardim de palácio só que sem o palácio, no lugar hoje temos o Louvre, mas é digno de nota e um ótimo lugar para fazer a pausa da andada, não raramente lotado com cadeiras, gramas, fontes e estaturas famosas dá aquela sensação de paz e ao mesmo tempo de pertencimento, é nesse tipo de lugar que você pode observar as crianças voltando da escola, os assalariados fazendo o seu cooper de fim de tarde e uma multidão de turistas querendo capturar essa essência.

5.Louvre

Não requer apresentações e nem tampouco linhas contando a história para te convencer a ir lá. Só por ser um palácio já valia a visita, a imponência e a imensidão com uma arquitetura tão rica em detalhes, que recomendo uma ida separada da ida para ver o acervo tão interessante que é. E falando na visita faça um favor a si mesmo, reserve um dia inteiro pesquise qual a área que tens interesse, sim queridos, são tantas opções que um dia só vai te causar náuseas com a rapidez da andada e de longe vais lembrar vagamente de tetos e paredes repletos de pinturas, ou vais cansar bem rapidinho de ver “coisas iguais” e não interessantes, então veja qual a área que mais interessa, não “casquinhe” no dinheiro para utilizar o áudio guia, tudo bem que vai ser em inglês ou espanhol, mas acho tão interessante ver a peça e poder entender um pouco o contexto e desfrutar sem pressa de um dos lugares mais ricos do planeta. Ah se quiser tirar uma fotinha com a “Mona” vai cedo, ela é menor que tu imaginas e todo mundo que vai quer, então faz tipo quando quer pegar senha no SUS e se joga.
Ticket 17 euros e o áudio guide 5 euros para mais informações ou compra antecipada, vá por mim as vezes a fila entristece:
https://www.ticketlouvre.fr/louvre/b2c/index.cfm

Na area externa, apreciando a arquitetura

Só pensei nos livros do Dan Browm

6. Catedral Notre Dame

Ela é gótica, mas é suave! Brincadeiras à parte, nem que seja pela referência ao Corcunda de Notre Dame vale a pena ir (acho que tenho sido repetitiva, mas paciência).
Seja pelas gárgulas que parecem que em algum momento vão ganhar vida e fazer você viver um filme de terror, seja pelos vitrais lindíssimos, tenho que admitir que me tornei apaixonada pelos detalhes, seja pelos jardins e a vista do Rio Sena é aquele tipo de lugar que é lindo dos dois lados.
Ticket 10 Euros e pode rolar descontos para mais informações:

http://www.tours-notre-dame-de-paris.fr/en/Prepare-for-your-visit/PRACTICAL-INFORMATION#price

7. A Basílica do Sagrado Coração

A Basílica fica no topo do monte Martre, o ponto mais alto da cidade, não raramente as escadas estão repletas de pessoas apreciando a vista e uma boa música de pano de fundo, sim das vezes que tive o prazer de ir sempre tem um showzinho tipo voz e violão que te faz esquecer do tempo e de querer eternizar esses momentos.

Ai como de repente você encontra um monge!

8. Moulin Rouge

Não vou mentir que minha fascinação por esse lugar veio dos filmes e músicas, acho cult, acho chique, acho fino.
Fui porque queria ver de perto o cenário do que na adolescência foi minha música chiclete, lembra do quarteto com Mya, Pink, Cristina Aguilera e Lil’ Kim.
Pena que fui de dia, é próximo a basílica aproveitei o metro, não me arrependi. Na próxima vou ver um espetáculo. Deve ser fantástico!

9. Muro do Eu te Amo

Tá, fica mais bonito quando se pronuncia em francês (Le Mur des Je t’Aime). Até para quem não é esse romântico todo vale a pena também fica em Montmartre, ou seja, com o folego em dia é aquele dia de descobrir esse bairro que é um espetáculo a parte, mas voltando é uma parede escrito “eu te amo” em mais de 300 idiomas, a praça é fofinha com muito verde e bem pequenininha, achei estranho porque tinha uma portinhola, dá aquela impressão que você tá invadindo o jardim de alguma casa. Clima magico, se não renovar o sentimento aqui, acredite fica difícil pensar em outro lugar! (Brincadeira)

10. Torre Eiffel

Não se engane eu deixei ele por último porque sinceramente acredito que devia ter um post só para ele, a Torre Eiffel não é só o monumento que diga-se de passagem é enorme e sinceramente bem esquisito, mas é a imponência, a magnitude que faz ser diferente, são os jardins que rodeiam, e toda a vida que se desenrola que realmente te faz perceber a importância e querer viver duas, três, quantas vezes você for e/ou estiver em Paris. Na minha primeira vez achei que era aquela foto ao pé do monumento e só, qual foi minha surpresa ao descobrir que tinha acesso ao topo, ai pensei deve ser legal. Cara não foi legal, foi sensacional!
Comprei até o último andar, sim tem a opção de ir até o segundo, mas meu ditado sempre foi tá na chuva é pra se molhar. Toda na expectativa, pensando que se tivesse paciência teria uma vista bacana de Paris para recordar e ai de novo me surpreendi novamente. O primeiro andar você pode subir com os “cambitos” e não paga nada, no segundo andar com subida pelo elevador dá para você meditar, vê a cidade de todos os ângulos, sentar nas cadeirinhas, tomar cafezinho ou uma boa taça de vinho, comprar um souvenir e nem se preocupar porque até toilette tem. Lá no topo pela bagatela de 10 euros você pode tirar onda de ryca e phyna e tomar um autêntico champagne na taça de plástico, porque a gente preza pela segurança. Claro!
Ah quanto ao tempo que você fica depende de você, então quer um conselho? Vá com tempo, calma e desfrute desse lugar magico.
PS. Ano passado fui com as meninas e qual minha surpresa, olha eu me repetindo, ao descobrir que a torre teve alguns upgrades e fizeram no segundo andar, uma espécie de museum o comparando com outros monumentos no mundo, um lounge com todo aparato para sentar com os amigos e esquecer as horas com um bom chopp e claro fizeram uma lojinha de lembrancinhas TOP. O projeto que estava em exposição e em andamento já me fez aguçar os planos de voltar para ver como ficou. Afinal qualquer desculpa é válida!
Ticket 17 euros e para mais informações:
http://ticket.toureiffel.fr/index-css5-sete-pg1-lgen.html?_ga=2.244631363.73031289.1495759362-486809847.1495759361

Paixão a primeira vista! (2011)

Por outros angulos (2012)

Aquela pose lá de cima (2016)

Você acha que para por ai? tem no minimo mais o dobro de lugares interessante para a primeira vez, se eu posso dar um conselho? vá com calma e com dias para esse paraíso! Prometo escrever sobre os outros lugares afinal…

beijos, Kátia Michelle
Escreva o seu comentário

* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Topo